Pesquisar no blog do raposão

terça-feira, 30 de novembro de 2010

Kawada Mami & Kotoko - Asu e no Namida

Como já deixei claro aqui no blog, existem coisas que só sei expressar através de músicas... E esta é mais uma delas... 

De qualquer forma, é uma excelente música que marca o final de cada episódio do anime Onegai Twins.

Estou postando duas versões, pois o vídeo ao vivo está com o audio bem ruinzinho, então resolvi postar um AMV com o audio em bom estado.

Kawada Mami Live in Budokan - Asu e no namida

Kotoko e Kawada Mami - Asu e no namida

Kawada Mami & Kotoko - Asu e no namida

Ano hoshi wa onaji matataki de
Kawarazu ni watashi wo mite
Taikutsu na yume wo nageki fuseta
Yokogao wo sotto terashiteta

Asu ni wa chiisana nimotsu seoi
Kouya wo tobitatsu tori ni naru kara

Mukai kaze no naka  Mukau basho wa mada
         (Kao agere ba  Haruka tookute...)
Itsuka tadoritsuku  Hoshi ni nareru
Matsuge ni nijinda  Shizuku wo nabikase
         (Afuresou na Omoi nosete...)
Kesshite owaranai tabi wo  Tsudzuke ni yuku yo

Taisetsu na mono ga oosugi de
Hitori de wa erabenakute
Furisosogu kodoku  Yuugure doki
Imi no nai kaiwa ni sugatta

Asu ni wa hontou no watashi ni ai
Kouya ni kakedasu kaze ni naru kara

Ukabu yume no naka  Utau hoshitachi wa
         (Oitsukenai  Toki no naka de)
Eien no sora wo mawatte iru
Hoho ni ochita tsubu  Yubi de hajiitara
         (Koborete yuku  Yume no kakera)
Kaze ni maiagari  Ao no hikari ni kawaru

Asu ni wa chigireta hane wo hiroi
Kouya ni habataku tori ni naru kara
               
Mukai kaze no naka  Mukau basho wa mada
         (Kao agereba  Haruka tookute...)
Itsuka tadoritsuku Hoshi ni nareru
Senaka wo osu no wa  Chiisana kono te to
         (Tadoritsuita  Mitsuketa kotae)
Oozora ni nageta yume to  Asu he no namida

(Kao agereba  Haruka tookute...)
(Afuresouna  Omoinosete...)
(Oitsukenai  Toki no nakade)
(Koboreteyuku Yumenokakera)

------------------------ Tradução -------------------------

Kawada Mami e Kotoko - As Lágrimas do amanhã

 Essa estrela olhou para mim em sua forma imutável
e gentilmente cobriu com sua constante luz cintilante
o meu perfil agarrado ao chão, que tinha um sonho tedioso

Porque amanhã eu vou levar um pequeno peso em minhas costas,
vou me transformar em um pássaro e voar para o deserto.

Voando contra o vento, o lugar para onde estou indo
  (Se eu olhar para cima, posso vê-lo ao longe ...)
ainda pode se transformar em uma estrela, que eu vou alcançar um dia
Atirando longe as lágrimas que borram meus olhos
  (Juntamente com os meus sentimentos que transbordam ...)
Eu saio para continuar minha jornada que nunca irá acabar

Porque eu tinha muitas coisas importantes
e eu não podia escolher entre uma ou outra coisa,
Agarrei-me à conversa sem sentido
Na hora do crepúsculo, quando a solidão se derrama sobre mim.

Porque amanhã eu vou encontrar meu verdadeiro eu
e se transformar em um vento que vai soprar em direção ao deserto

Em meio a um sonho flutuante, as estrelas que cantam
  (Em um tempo que eu não consigo imaginar)
giram no céu da eternidade
Quando com um dedo eu limpar uma lágrima que escorreu pelo meu rosto
  (Um fragmento de sonho que cai)
Eu subirei para o céu, transformando-me em uma luz azul.

Porque amanhã eu vou pegar minhas asas rasgadas,
transformarei em um pássaro e baterei asas rumo ao deserto

Voando contra o vento, o lugar para onde estou indo
  (Se eu olhar para cima eu posso vê-lo ao longe ...)
ainda pode se transformar em uma estrela, que eu vou alcançar um dia
As coisas que estão me empurrando a fazer tudo isso são pequenas,
  (A resposta que eu encontrarei quando cheguar lá)
os sonhos que eu joguei para o grande céu
e as lágrimas para amanhã.

  (Se eu olhar para cima, posso vê-lo ao longe...)
  (Juntamente com os meus sentimentos que transbordam ...)
  (Em um tempo que eu não consigo imaginar)
  (Um fragmento de sonho que cai)
---------------------------------------------------------------

E tem gente que ainda pergunta "por que" eu gosto de j-pop...

sexta-feira, 19 de novembro de 2010

Sandy Leah - Pés Cansados

Esta é sobre o meu lar... É nele que eu descanso os MEUS pés cansados...

Como é nacional, não precisa de tradução! Mas a letra vem logo abaixo!


Sandy Leah - Pés Cansados

Fiz mais do que posso
Vi mais do que agüento
E a areia dos meus olhos é a mesma
Que acolheu minhas pegadas

Depois de tanto caminhar
Depois de quase desistir
Os mesmos pés cansados voltam pra você.
Pra você.

Eu lutei contra tudo
Eu fugi do que era seguro
Descobri que é possível viver só
Mas num mundo sem verdade...

Depois de tanto caminhar
Depois de quase desistir
Os mesmos pés cansados voltam pra você.
Pra você.
 Sem medo de te pertencer.
Voltam pra você.

Depois de tanto caminhar
Depois de quase desistir
Os mesmos pés cansados voltam pra você.
Pra você.

Meus pés cansados de lutar
Meus pés cansados de fugir
Os mesmos pés cansados voltam pra você.
Pra você.